Anuncie com a gente!!!

A Propaganda é a alma do negócio !

Nossos Colaboradores!!!

 photo bannercompleto com novo ringo_zpsft8o4vna.gif

Obrigado pela Visita

"SEJAM BEM-VINDOS, Convidamos todos a navegarem em nossa página.".

Momento Gospel

sábado, 12 de agosto de 2017

Reunião discute instalação de base avançada do CCZ em SFI


Uma equipe da Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde de São Francisco de Itabapoana (SFI) visitou a Estação Ecológica Estadual de Guaxindiba (EEEG) – Instituto Estadual do Ambiente (Inea), onde se reuniu com a chefe da unidade, Vânia Coelho. Na pauta do encontro, ocorrido nesta quinta-feira (10), o grupo discutiu a possibilidade de ser instalada uma base avançada do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) no município, uma das intenções da prefeita Francimara Azeredo da Silva Barbosa Lemos.
A ideia é de que a base avançada fique na localidade de Cobiça, zona rural de SFI, pois há interesse que o órgão seja implantado em uma região afastada do Centro da cidade. O encontro aconteceu com a participação da diretora da Vigilância Sanitária, Karina Abdu de Araújo, e os veterinários Carlos Magno Mariano (Vigilância Sanitária) e Reinaldo Moreira (Secretaria de Agricultura e Pesca).
A chefe da EEEG pontuou algumas necessidades. “O IFF (Instituto Federal Fluminense), a Uenf, as associações de moradores e as secretarias de Meio Ambiente e Obras são nossos parceiros e vocês podem verificar uma possibilidade de parceria também. Mas para se instalarem suas atividades não podem ter nada que agrida o meio ambiente, nada que possa atingir o solo e os recursos hídricos da região”, ressaltou Vânia.
Karina revelou que o encontro foi positivo. “A reunião foi bastante proveitosa e ao conversarmos com Vânia, ela se mostrou muito satisfeita com a iniciativa do Governo Francimara em desejar implantar uma base avançada do CCZ em SFI. Estamos buscando apoio para tentar trazer a base avançada, porque há uma necessidade muito grande em nosso município. Garantimos que nada será feito que seja prejudicial à localidade”, destacou diretora da Vigilância Sanitária.
Ascom SFI /Flori Fernandes Notícias